Modern technology gives us many things.

Janela de vidro Cotia / SP

Uma janela de vidro é uma estrutura obrigatória em qualquer edificação. Primeiro porque é preciso espaço para que o ar “circule” e a luminosidade entre. Além disso, uma peça desse tipo agrega muito à decoração! Para isso, o mercado oferece diferentes formatos e tipos de vidro para instalação.

Que vidros utilizar?

Os vidros utilizados em uma janela de vidro são sempre os conhecidos como “vidros de segurança”. Os materiais são os ideais, pois são resistentes ao impacto físico, ao calor e ao som. Logo, mesmo o movimento constante de abertura da janela não consegue quebrá-la facilmente.

Um dos materiais mais utilizados para essa instalação é o vidro temperado. Esse vidro passa por um processo chamado têmpera, que aplica grande quantidade de calor e de frio sobre uma peça de vidro comum. O resultado é um material cinco vezes mais resistente. Esse vidro tem, inclusive, quebra diferenciada: quando é danificado, o produto “explode” em pequenos fragmentos arredondados. Isso ao invés dos cacos pontiagudos comuns, que tem alto poder de corte.

Além desse, há o vidro duplo. Ele possui duas camadas de vidro, e seu interior é preenchido com gás e ar. A resistência, então, se torna dupla. Nesse caso, é possível ainda combinar tipos diferentes de vidro, ou de cores diferentes, o que cria um belo efeito na decoração.

Por outro lado, o vidro laminado tem em seu interior lâminas de filme. O material passa pelo mesmo processo de têmpera, só que dessa vez o filme é agregado às lâminas de vidro. Assim, quando se quebra em fragmentos, o produto não explode – na verdade, os fragmentos ficam presos no filme. Assim há mais tempo para que o usuário troque a peça, além de menos trabalho para limpar o produto quebrado.

Outro vidro de segurança bastante comum é o aramado. Ele é ideal para janelas maiores, pois possui em seu interior uma malha de metal, que aumenta sua resistência. A grade oferece bonito efeito em peças maiores, além de possuir alta resistência ao fogo.

Como escolher a janela de vidro?

De qualquer forma, mais do que o tipo de vidro ideal, é importante verificar o design da janela. Peças ovais ou circulares criam um ar mais retrô, enquanto as retangulares e quadradas são mais clássicas. As molduras da janela de vidro têm efeitos parecidos, e precisam ser adequadas ao estilo do indivíduo.

Somados a esses modelos, o tamanho da peça é igualmente fundamental. Uma janela grande cria amplitude de espaço, mas caso não haja bela vista do outro lado, o resultado pode não ser muito atraente. Por isso, uma janela grande com vista para rua, ou para um jardim, são mais eficazes. Já janelas menores são minimalistas, e podem criar uma decoração da mesma forma delicada.

Finalmente, é preciso pensar no tipo de abertura da janela. As peças com abertura para a parte de dentro do imóvel requerem espaço, e por isso não é indicado que móveis fiquem sob ela. Já as janelas de deslizar economizam e otimizam espaço, podendo ser utilizadas em qualquer cômodo. As janelas com abertura para for não fazem tanta diferença quanto ao espaço, mas é necessário pensar na comodidade do indivíduo em manuseá-las.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.